quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Visto na Mão


Agora sim, o visto na mão, tudo assinado, concluído, só embarcar!!!!
Um sonho de tanto tempo virando realidade, eu não sei nem como me sentir, alegre claro, mas deu uma sensação de acabou que parece que não tem mais nada pra fazer!!!! Mas é agora que a coisa aperta!!!!

Agora é hora de contar direito pra família, mostrar o visto, contar para os amigos, planejar a saída do emprego além de definir de vez para onde que a gente vai!!!!

O primeiro passo, vender as coisas de casa, como minha esposa colocou no post "E começou a era do desapego ...", não vamos ter condição de levar nada, então bora vender tudo!

Muita coisa pra fazer, e ansiedade de ir embora de uma vez, era de começar a fechar as pesquisas e tomar as decisões, ohhh dureza.

Só pra concluir a história


Ficar contando história não é uma coisa tão divertida, mas preciso concluir este relato para que seja utilizado no futuro para consulta.

Depois que recebemos o E-mail do sistema de imigração falando que tínhamos sido aprovados na primeira etapa do processo a coisa ficou mais real para nós, a certeza de que nossa aplicação tinha sido levada a sério e que estávamos na cota foi bem reconfortante, porém existiam mais passos, então esperamos.

Passados 2 meses, em 17 de setembro vi no site do e-cas que nossa aplicação tinha estava sendo processada (eu estava olhando este site cerca de 2 vezes ao dia durante todo este período), veio um frio na barriga indicando que agora eles estavam vendo, mas e aí, será que vamos passar? No dia seguinte um novo E-mail: Pedido de exames médicos. A surpresa foi gigante, não sabia o que fazer para comemorar, muita alegria, tínhamos sido aprovados!!!!!! Este era a última etapa!!! Liguei para minha esposa na sequência para contar, lembro que ela travou no telefone, afirmou umas 5 vezes: Não acredito! Não acredito! ...

Liguei rapidinho para o médico para agendar os exames, não podia perder tempo nesta etapa, vamos aproveitar que o pessoal do consulado está empolgado. Consegui marcar somente para o fim da semana seguinte, tudo bem, não tem milagre, nesta fila todo mundo entra.

Os exames foram bem tranquilos (descobri que meu olho esquerdo estava bem debilitado), médico animado, atendeu primeiramente a mim, depois minha esposa e por último meu filho. Encerrou a consulta dizendo "Mostra para os gringos que nós somos gente boa". Heheheh Agora a coisa era séria mesmo, nos deu uma segurança de que já estava tudo certo, mas demorou um pouco para cair a ficha.

Na semana seguinte recebemos um E-mail do consultório confirmando que o resultado dos nossos exames tinham sido enviados pelo sistema online do consulado e em 1 semana apareceu no e-cas que os exames médicos haviam sido recebidos. Legal que o médico enviou uma cópia pra gente, então deu pra ver que ele não tinha escrito nada de errado por ali (a menos do meu olho esquerdo, precisa de óculos)

Tinha dado tudo certo, a sensação de que o processo estava acabando, tudo dando certo, em tão pouco tempo. Não imaginávamos que seria tão rápido. Estava na hora de começar a contar para a família, mas esta história eu conto depois.

Começamos a acessar o sistema e-cas 4 vezes ao dia, pelo menos, pra ver se saia alguma coisa, não era possível que um médico iria demorar mais que 3 minutos para ler aquele relatório e marcar como aprovado!!! Esperamos, esperamos. Não aguentei, liguei no consulado, resposta de que estavam esperando o parecer médico, mas foi bom ligar porque a moça do consulado confirmou que estava tudo certo, chegando o parecer iríamos receber o pedido dos passaportes!!! Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee, noticia boa a gente sempre comemora.

No final do mês recebemos o pedido dos passaportes por E-mail! Sim eu estava esperando, mas cada novidade era uma alegria! Claro, tanto tempo esperando por isso, sei que nosso processo foi rápido, mas a vontade de ir pra lá é antiga, então tinha que ser comemorado. Eu não fiquei muito confiante em mandar os documentos por correio, peguei o carro e fui no consulado. Sacanagem que no site fala que o consulado abre as 8 da manhã, mas chegando lá eles só aceitam passaportes a partir das 9:30!!!! Tive que dar uma enrolada forte no trabalho, mas sobrevivi! Deixei uma cartinha lá descrevendo que iria buscar os passaportes no consulado também (correio nem pensar) e era para me ligarem quando estivesse pronto.

Aguardei uma semana, e nada, então liguei denovo, e aí tá pronto? A moça gaguejou, pediu pra esperar: Olá sr Fabricio, pode vir retirar sim, já estão prontos os passaportes. Oba!!!! Fui buscar no dia seguinte, um pulo rápido em São Paulo e de volta pra casa! Perfeito, tudo era lindo, o envelope, o passaporte o visto, hehehehhe, tudo era lindo aquele dia! Mas achei demais a organização, as orientações que enviaram  junto com os passaportes, além da carteirinha de vacinação do meu filho, para que eu já leve assinada por um médico Brasileiro!!!!

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

E começou a era do desapego...

Nada melhor para fazer a ficha cair do que estar prestes a ficar desempregado (por opção J) e ver a sua casa virar um acampamento.
Já falamos com nossos respectivos chefes e estamos ansiosamente aguardando nossa demissão para o começo do ano. E para dar mais emoção, foi dada a largada para a seção desapego!!! Como pretendemos embarcar para as terras geladas no final de fevereiro tivemos que correr e colocar as coisas a venda, afinal precisamos fazer $$$.
Começamos com uma lista de móveis e eletrodomésticos que enviamos para a família, e em apenas em um dia vendemos metade da lista (com a ajudinha da minha querida cunhadinha). O Bom de vender para a família é que eles permitem um prazo de entrega razoável, tipo, antes da gente embarcar J. O restante colocamos em sites de compra e venda da internet, o que também nos surpreendeu com a rapidez.
Enfim...estamos acampados, sem cama, sem guarda-roupa, sem cafeteira, liquidificador, etc.. ainda bem que sobrou geladeira, fogão, TV, colchão e mais alguns móveis que vamos entregar depois.

E o que fazer para seu filho de 4 anos entender todo este processo???? Simples, faça ele participar!


quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Aguardando o processo


Depois que enviamos nossa aplicação não nos sobrou outra opção sem ser esperar! Não queríamos contar pra família, pois não queríamos fazer ninguém sofrer por antecedência, não tínhamos certeza que ia dar certo. Contamos para alguns amigos, que já sabiam de nosso interesse, mas o discurso ainda era muito vago, tínhamos mais perguntas do que respostas.

E foi bem angustiante ficar sem notícia, por mais que vimos outras pessoas aguardando mais de um ano pra receber uma resposta (acompanhamos alguns blogs) não tivemos retorno a respeito das cotas, nem pra comparar com a gente.

O tempo passou até que constatei em meu cartão de crédito o débito da taxa de processamento. Um bom chute no saco, mas já sabíamos então não tem do que reclamar. Mas esta foi uma ótima, significa que estavam processando nosso envelope.


Na semana seguinte recebemos um E-mail, dia 02/ de junho (praticamente 2 meses depois), dizendo que havíamos sido aprovados nos requerimentos mínimos, ou seja, cota da profissão inglês e diploma reconhecido! Neste momento toda a nossa correria tinha sido recompensada, tudo resolvido, a partir deste momento nossa aplicação ia ser destinada ao consulado de São Paulo, de onde seria tratada como um processo de avaliação de visto normal, e só iriamos ser bloqueados caso achassem alguma coisa que nos impossibilitasse de ir para o Canadá! Uma comemoração contida, pois tinha muita coisa pra dar errado ainda, mas tínhamos entrado na cota!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

No dia seguinte achei uma página que mostrava a quantidade de aplicações que haviam sido processadas até aquele momento, por profissão, era uma página meio escondida, mas na página do CIC quem procura acha. E foi uma surpresa, a página tinha sido atualizada aquele dia e haviam 65 aplicações processadas no total, entre elas somente 11 na profissão que eu apliquei! Incrível, eu desesperado para estar entre os primeiros 300 e estava em os primeiros 11 envelopes que chegaram para esta profissão, ou melhor, entre os primeiros 65 envelopes que chegaram no prédio do ministério de imigração!!!! Sim a correria valeu a pena!  A vantagem disso era que como nossa aplicação estavam no começo ela iria pegar filas menores em todas as etapas seguintes, o que aumenta a chance de acabar antes do esperado!!!!

Neste momento não tínhamos uma previsão de quanto tempo o processo ia demorar, apesar de ter sido publicado que todo o sistema tinha sido otimizado e informatizado, que tinha sido eliminado mais de 50% do backlog de aplicações, e o fato de o próprio ministro da imigração e cidadania ter dito que queria converter o processo do FSW de um processo de alguns anos para um processo de alguns meses!

Corria o risco de o visto sair antes do final do ano! Correr até corria, mas pouco provável! Mesmo assim começamos a pesquisar mais, ler mais, e até começamos a fazer contas imaginando ir para o Canadá até março de 2014, mas será que o visto chega a tempo? Tem gente a mais de 2 anos na fila esperando o consulado de SP processar, porque o nosso seria diferente?

Novamente ... Vamos aguardar!!!

Após o envio da aplicação


Continuando o post anterior ...

Depois que enviamos o envelope tivemos um sentimento de alívio gigante, afinal, após muito esforço conseguimos entregar nossa aplicação a tempo no FEDEX. Mas no caminho pra casa alguma coisa estava me incomodando, será que tínhamos feito tudo certo? Faltou alguma coisa! Estava com uma pulga atrás da orelha!

Cheguei em casa e abri o manual do processo de imigração, repassei os documentos o checklist as informações, estava tudo certo, o envelope, o endereço, peraí, uhhhh????? Ah meu deus! Enviei pro lugar errado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Tem que ser muito Burro pra fazer isso!!! Eu despachei para uma PO box, ou melhor, para uma caixa postal! E no Canadá, assim como nos Estamos Unidos, caixa postal é monopólio do Governo, e a FEDEX, assim como outras transportadoras não podem entregar, precisa ser o endereço real de entrega!!! E no manual estava fácil, quem já leu sabe, ele mostra o endereço de envio, inclusive uma imagem de como tem que ficar no envelope, e logo abaixo escrito: "Para quem utilizar o serviço de uma transportadora, considerar o endereço abaixo:" seguido de um endereço completo, com nome da rua e número!

E agora? O que vai acontecer com nosso envelope? Vai voltar? Isso significa que perdemos o processo? Tudo por água abaixo? Tem que ter um jeito, não vou desistir tão fácil!
Liguei na FEDEX, atendimento automático, a empresa só atende em dia útil! Então não teve jeito, como o envelope já tinha sido despachado para os Estados Unidos, liguei pra FEDEX lá!! Falando com o atendente, ele falou que tinha que resolver com a FEDEX do Brasil e me passou um telefone do Brasil! Mas era o mesmo que eu já tinha tentando...

Procurando na internet, vi que a FEDEX permitia a troca do endereço de destino!!!  Oba, era a solução dos problemas, mas esta opção estava apenas disponível para empresas, que já possuem contrato com a FEDEX! Mas se isto é possível para empresas, deve ter um jeitinho de fazer para pessoa física!

Liguei denovo! Outra atendente! Mas esta foi mais solicita, falou que é verdade eles não entregam em caixa postal, aí confirmou alguns dados para certificar que eu era o remetente mesmo e alterou o endereço de entrega! Perfeito!!!! Após desligar tive a nítida sensação de estar uns 500 kg mais leves, sério até minha perna parou de tremer! Hehehehheh

Só pra confirmar, na segunda-feira seguinte liguei na FEDEX do Brasil, e eles confirmaram que o endereço já tinha sido alterado no sistema, então realmente estava resolvido!!! Perfeito!!!

No dia 8, 4 dias depois do envio, recebi a confirmação de que o FEDEX tinha sido entregue, com o endereço real de entrega e o nome da pessoa que recebeu!!! Perfeito! Job Done!!! Mas ficou entre os 300??? Boa pergunta!!! Vamos esperar, não tem mais nada a fazer!!!

Fiquei muito satisfeito com a FEDEX, o fato de eles terem alterado o endereço de entrega pra mim foi perfeito! Nunca imaginei que isso fosse possível!

O dia D


Tá, este título é meio forte, mas para nós foi bem assim que nos sentimos ...

Dia 03 de Abril, véspera da abertura do processo de FSW 2013. O certificado de equivalência de diploma tinha chegado naquele dia de manhã! Nós tínhamos passado as últimas semanas lendo os formulários antigos e coletando cópias e evidencias de todos os documentos exigidos nos formulários antigos, estava tudo organizado, traduzido, enfim pronto pra despachar, era só aguardar os formulários novos, preencher e lacrar o envelope. O objetivo era ir na FEDEX no próprio dia 4 enviar o envelope, mas era sábado então ...

Ah importante, até este momento nós já tínhamos providenciado uma série de documentos e traduções juramentadas. Se alguém perguntar um dia posso até fazer um texto explicando passo a passo o que e cada documentos, mas no geral digo que deu trabalho, não foi nada impossível, mas juntar aquela pilha de coisas e traduzir por um tradutor juramentado é cansativo.

Outra item foi o comprovante de experiência assinado. Este sempre é complicado, mas vamos lá, tudo se dá um jeito! Fiz a cartinha colocando os pontos de experiência (claro que eu li o que era exigido pelo NOC antes de escrever a carta), tudo como manda o figurino, aí pedi para um gerente da empresa assinar! Ele não era o meu chefe direto, mas trabalhávamos no mesmo departamento, e ele tinha um cargo superior ao meu, então conta! Foi até fácil, pois ele apoiou minha aplicação e contou de um primo que morava no Canada e não queria saber de voltar! Inclusive ele já tinha ido mais de uma vez e gostava muito do país, era frio, mas um local excelente!

Voltando ao dia 3, as 5 da tarde sai a publicação no site, todos os formulários foram atualizados, não tinha jeito, íamos ter que preencher todos...

E não tinha tempo pra frescura não, cheguei em casa, tirei o sapato, a camisa, coloquei a impressora na mesa da cozinha e vamos lá! Eu e minha esposa preenchendo documento! Destinados a passar a noite em claro, mas no sábado de manhã aquilo tinha que estar na FEDEX pra embarcar no sábado mesmo, era o único jeito de confiar que nossa aplicação chegasse a tempo de ficar entre as 300 primeiras!

E assim foi a noite! Quando era 3 da manhã o cérebro não estava funcionando mais, então fomos dormir um pouco, mas bem pouquinho, 5:30 já estava na mesa novamente preenchendo documento!

Ah importante, quando era 1 da manhã percebemos que tinha acabado as folhas de sulfite, e os clip de papel! Puxa vida, que burrada, mas sejamos honestos a correria dos dias anteriores foi tão alta que não deu tempo de pensar nisso! A Karina correu no mercado 24 horas pra comprar sulfite! Lá ela teve que pedir pro caixa arrumar alguns clips de papel, porque não tinha pra vender no mercado! Este até que foi fácil!!

Por volta de 6:30, enquanto imprimia os documentos, acabou a tinta da impressora, ah só pode estar de brincadeira, mas era sério mesmo, tinha que comprar outra! Mas ainda era muito cedo, não tivemos outra escolha, vamos adiantando o resto e as 8 saímos pra comprar!

As 6 da manhã a Karina saiu pra comprar a tinha, uns 20 minutos depois já estava em casa! Fui imprimir, ops, agora acabou a colorida, toca sair novamente pra comprar tinta colorida! Olha acho que tudo isso foi uma prova de que a gente merecia entrar na cota! Heheheheh

Correria, stress, criança chorando ahhhh Liguei no postinho da FEDEX de Jundiaí e má noticia, encomendas só em dias úteis, tinha que esperar segunda-feira, como assim? Isso que sair hoje, vamos dar outro jeito ... Liguei na FEDEX de Viracopos, uma, dava pra mandar naquele dia, mas tinha que ser até meio dia!!! Corrrreeee ......

Enfim, conseguimos fechar o envelope as 11:45, tinha desanimado, demora meia hora pra chegar até Viracopos, vamos ter que deixar para segunda-feira, e se a gente perder a cota??? Não vamos tentar ...
Pegamos o carro e depois de se perder para achar onde a FEDEX se esconde chegamos as 12:40, tudo trancado! Com cara de pau e um envelope na mão toquei a campainha! O segurança aparece dizendo que já estava fechado, não pensei 2 vezes: "- Mas não é até as 13 horas?" Sim eu fiquei com vergonha de ter dito isso, mas colou, depois de uns instantes escutei no interfone: "deixa ele entrar, vou quebrar o galho dele"!! Nossa, com certeza ele não faz ideia de como estava quebrando nosso galho!!!

Documento despachado, hora de ir almoçar!!! UFA! Foi! Ótima a sensação de conseguimos! A única forma de alguém enviar os documentos antes que nós seria levar pessoalmente até escritório da imigração, mas não ia ter 300 pessoas fazendo isso!!!!!

Quando de repente .. Ih!!!! Bom, eu conto no próximo post!